Anúncios de imóveis e a busca por apartamentos de 1 dormitório

dezembro 7, 2009 at 10:51 pm 3 comentários

O mercado imobiliário sempre foi curioso para mim.

Sempre há centenas e centenas de anúncios em revistas. Isso sem falar naquele pessoal que fica nas ruas, normalmente interagindo com uma placa informativa, chamando atenção para algum lançamento imobiliário por aí.

Quem conhece um pouco desse mercado, sabe que estou falando de um giro enooorme de dinheiro.

O comprador pode adquirir um imóvel no lançamento, ou seja, a casa/apartamento que ainda esta no chão e vai demorar algo em torno de 2 anos para ficar pronto, ou quando ele já esta pronto mas ninguém ainda o adquiriu (nesse caso o preço é bem mais elevado já que conforme o prédio vai sendo contruído, o preço de tabela aumenta) ou revenda (alguém comprou e quer revender. Nesse caso o proprietário junto com a corretora, ou não, avalia o valor do imóvel e o coloca no mercado para venda).

Antigamente, o comprador era atraído por anúncios em revistas, panfletos e pessoas fantasiadas nas ruas. Hoje, esse tipo de abordagem ainda é válida e continua, porém cada vez mais as empresas que comercializam imóveis estão vivas na internet.

Hoje você pode interagir com corretores online. Ele pode lhe informar sobre todas as ofertas que tem a ver com o que você quer. Aliás, hoje, você pode comprar um imóvel online tranquilamente.

No caso de vendas de terceiros (imóveis que estão no nome de um terceiro), o proprietário ou a imobiliária podem cadastrar o apartamento ou casa em sites específicos, como imóvel web, para atrair um número maior de compradores interessados.

Tudo isso é muito prático e interessante, porém será que os compradores potenciais normalmente encontram o que querem?

Eu demorei quase 2 anos para comprar meu apartamento na planta. Alias, que difícil que esta conseguir um apartamento em lançamento de 1 ou 2 dormitórios em São Paulo ultimamente.

Acho que pelo fato de os terrenos estarem muito caros, as construtoras estão optando por construir apartamentos grandes (com mais de 100 metros quadrados) ou então apartamentos pequenos, mas com 8 por andar.

Ok. Isso não vem ao caso.

O que vem ao caso é que eu fiquei 2 anos procurando um apto. de 1 dormitório na internet e simplesmente muitos que foram comercializados não apareciam no mecanismo de busca.

Aliás, nem o que eu comprei apareceu no mecanismo de busca. Eu tive sorte de estar passando na rua quando me deparei com o anúncio no local.

Cheguei a pensar que as incorporadoras estavam utilizando palavras-chave erradas para divulgar seu empreendimento. Mas o pior é que não. Muito pelo contrario. A quantidade de anúncios que tem para qualquer palavra-chave referente a imóvel é simplesmente absurda.

Mas então, o que está acontecendo?

Se analisarmos a tendência, a partir de 2005 as buscas por “apartamento para comprar” aumentou gradativamente, ano após ano.

As buscar por apartamentos para comprar é maior do que apartamentos para alugar e o pico de buscas acontece no começo do ano (janeiro).

O maior interesse esta em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Isso não significa que as pessoas querem apartamentos nesses cidades. Apenas significa que as pessoas que procuram apartamentos estão nessas cidades.

Quando olhamos nas sugestões de buscas do Google, encontramos os locais que possuem mais resultados:

O tipo de apartamento mais procurado é de 1 dormitório. São milhares de buscas online por mês e mais de 8 milhões de resultados.

Frente a isso, imagino ter um monte de opções de apartamentos pequenos, certo?

Fiz um teste.

Digitei “apartamento 1 dorm santos”. O Google trouxe 239.000 resultados contendo esse termo.

O primeiro que me veio à tela foi da Link Residencial. Estava logo acima, o primeiro link patrocinado.

Ao clicar no link, fiquei surpresa com a página que abriu: “breve lançamento Saúde. 3 e 2 dormitórios”. Ou seja, nada a ver com o que eu tinha pesquisado. Nada a ver com que a empresa disse que tinha.

Vamos ao segundo link: Rossi.

Atente para a descrição: “Encontre já o Apto que procura Apartamentos de 1 a 4 dormitórios!”

Bem, o site redirecionou para página principal. Utilizei o filtro para encontrar meu apartamento em Santos!

O resultado foi: 2 apartamentos em Santos. E ambos de 4 dormitórios.

Já que eu estou nesse site, vou aproveitar para checar se tem algum empreendimento aqui em São Paulo nesse padrão. “Total de 0 empreendimentos encontrados”.

Voltando para a página do Google com os resultados das minhas pesquisas.

Terceiro link: Tenda.

Acessei o site e também tinha um filtro. Após “inputar” os dados, encontrei um empreendimento mais próximo daquilo que procuro. Um apartamento de 2 dormitórios em Santos.

Acabaram os links patrocinados que ficam em cima dos resultados principais.

Chegando então os resultados normais, todos os links iriam me direcionar para apartamentos usados.

Notei a direita um link patrocinado da Lopes. Essa empresa tem um banco de dados enorme. Por lá eu devo encontrar.

Utilizei novamente o filtro. Realmente, não existe apartamento de 1 dorm. sendo lançado em Santos. Pelo menos eu não o encontrei.

Mas existem apartamentos usados de 1 dorm. Aliás, se eu fosse o proprietário, venderia por um preço bem salgado. Já que esse estilo de empreendimento virou relíquia.

O resumo que faço dessa pesquisa é que você vai encontrar de tudo, menos o que esta procurando.

Sabe, não adianta pagar por uma palavra-chave atrativa se a empresa não tem o conteúdo para oferecer. Eu acho que algumas empresas acham que alguns consumidores pensam “não tem tu, vai tu mesmo”. Ou seja “já que não tem o apartamento de 1 dorm. em Santos, vai o apartamento de 3 dorm. na Saúde (SP), mesmo”. Surreal.

E voltando ao apartamento de 1 dormitório: FAÇAM. É ISSO QUE QUEREMOS. O IBGE EXPLICA. EU EXPLICO. SOMOS JOVENS QUE ACABAMOS DE SAIR DE CASA, OU SOMOS EXPATRIADOS, OU SOMOS DIVORCIADOS, OU SIMPLESMENTE NÃO TEMOS MAIS PACIÊNCIA PARA LIMPAR APARTAMENTOS GRANDES.

Anunciem de maneira clara e real. Utilizem as palavras que eu utilizo para fazer pesquisas. E aumentem os anúncios em janeiro. Só assim poderei te encontrar.

A MaxHaus veio com um conceito interessante onde você faz a planta do seu apartamento, escolhendo os dormitórios, etc.

A concepção parece ser bem interessante.

Segundo site Alexa, o site da empresa teve um aumento de 60% nas visitas nos últimos 3 meses.

O público que acessa tem entre 25-34 anos. Penso que pode ser justamente o público que esta em busca de apartamentos pequenos. E sem muitas opções disponíveis no mercado, a MaxHaus parece que vem ganhando força.

Compartilhe:

Add to FacebookAdd to DiggAdd to Del.icio.usAdd to StumbleuponAdd to RedditAdd to BlinklistAdd to TwitterAdd to TechnoratiAdd to Yahoo BuzzAdd to Newsvine

Entry filed under: Business, Comportamento. Tags: .

Utilizando blogs de maneira inteligente Descobrindo o próximo astro musical

3 Comentários Add your own

  • 1. Carla  |  dezembro 17, 2009 às 1:37 pm

    Oi Camila eu desisti do google pra procurar apartamento, os resultados que aparecem não tem nada a ver com o q eu procurei bem como tu falo no post. Comecei a procurar por buscadores especializados e encontrei esse buscador de imóveis, ta me ajudando muito dos q eu achei, fica a dica, ainda não achei nada pra mim mas eh bom ficar de olho nele, vai q aparece meu ape do sonhos! Bjo!

    Responder
    • 2. Marilia  |  outubro 27, 2010 às 1:19 pm

      Ola meninas sei bem o que vcs estão passando para encontrar o apartamento.

      Pode até ser que vcs já compraram, mas caso queiram comprar, investir em imoveis na planta eu tenho sim apartamentos de 1 dormitório mas em SP, salas comerciais, apartamentos medios e grandes.

      Caso tenham interesse ou queiram me indicar alguem ficarei muito grata.

      Obrigada
      Marilia.

      Responder
  • 3. Marilia  |  outubro 27, 2010 às 1:20 pm

    Caso tenham interesse segue meu e-mail.
    marilia.negociosimobiliarios@gmail.com

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Total de visitas desde 25/set/09

  • 139,219 hits

Receba por email aviso sobre novo post!

Compartilhe!

Add to FacebookAdd to DiggAdd to Del.icio.usAdd to StumbleuponAdd to RedditAdd to BlinklistAdd to TwitterAdd to TechnoratiAdd to Yahoo BuzzAdd to Newsvine

Parceiros

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui! LinkLog

%d blogueiros gostam disto: