O mercado brasileiro de luxo segundo o Google

junho 1, 2010 at 3:37 am 7 comentários

Utilizando apenas o Google Trends, mundialmente posso dizer que:

  1. Dezembro é o mês onde há maior demanda por artigos de luxo em geral;
  2. Considerando de 2004 ao primeiro semestre de 2010, dez.2005 foi o período onde tivemos o pico de buscas por artigos de luxo;
  3. As jóias são os artigos de luxo mais pesquisados, sendo anéis em primeiro, relógios em segundo e colar em terceiro;
  4. Diamante é a composição mais popular
  5. Tifanny é a única marca que aparece no top 10 das pesquisas mais comuns;
  6. 2 marcas estão crescendo rapidamente na internet: Pandora  e Thomas Sabo, ambas tiveram um crescimento de 1.400% no volume de buscas.

Para o Brasil, temos a seguinte realidade:

  1. Dezembro é o mês onde há maior demanda por artigos de luxo, porém a partir de Abril existe um crescimento continuo de buscas por produtos de luxo;
  2. Considerando de 2004 ao primeiro semestre de 2010, a tendência de procuras por artigos de luxo é aumentar, sendo dez. 2009 o período onde há o pico de buscas;
  3. O termo “aliança” aparece antes do termo “jóia”, sendo o produto mais pesquisado por brasileiros;
  4. Prata é a composição mais popular, seguida por ouro;
  5. Nenhuma marca específica aparece no top 10 das pesquisas mais comuns.
  6. São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Paraná e Minas Gerais há maior concentração de buscas. Bahia aparece como região em crescimento.

Estou comparando aqui o comportamento de busca do Brasil e de outros países que a ferramenta permite a comparação (EUA, Alemanha, Espanha, Austrália, França, Itália, Reino Unido, Holanda e Suécia) e todos superam o Brasil no pico de dezembro. O que mais se aproxima ao comportamento de busca dos brasileiros por artigos de luxo em dezembro é a Austrália. Porém, nos outros meses onde não há um pico tão grande, o Brasil supera os outros países, mostrando uma intensidade maior de buscas no restante do ano.

Caso tenha se perdido no parágrafo acima, olhe o gráfico abaixo:

Analisando rapidamente os dados obtidos no Google Trends, concluo que:

  1. O mercado de luxo brasileiro esta aumentando, porém ainda é tímido comparado com o mercado mundial;
  2. As buscas por artigos de luxo mundialmente na internet, esta altamente associada a jóias;
  3. Neste segmento, o Brasil ainda foi pouco explorado por empresas internacionais;
  4. São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Paraná e Minas Gerais provavelmente apresentaram maior crescimento do negócio do luxo e regiões do Norte e Nordeste brasileiro começam a surgir como possibilidades de crescimento futuro.
  5. O cenário mundial do mercado de luxo foi afetado principalmente pelos EUA, França, Itália e Reino Unido. Provavelmente devido a crise, ocorreu um declínio de buscar por artigos de luxo especialmente nos anos de 2008 e 2009;
  6. Brasil assim como a China, como mercados emergentes, teve um aumento neste tipo de negócio.

Agora eu pergunto: Será que esta minha conclusão obtida em 15 minutos – analisando apenas o comportamento virtual – faz sentido, comparada a estatísticas e tendências estudadas por pesquisadores e consultores durante no mínimo 6 meses?

(clique na figura para ver a tabela inteira)

Sim, faz todo o sentido.

Sabe, fazendo essa pesquisa me veio algo interessante. No segundo item, segundo uma pesquisa feita pela MCF consultoria (para quem não sabe, é do Ferreirinha), a segunda marca que vem a cabeça dos entrevistados é H.Stern.

Selecionando no Google Trends a categoria “pedras preciosas e jóias”, a única marca que aparece como “pesquisas crescentes” é a Vivara.

E realmente, comparando as 2 o gráfico mostra uma popularidade maior da Vivara em comparação com a H. Stern:

Claro que aqui, o grande salto esta em Maio (mês das noivas), mas o pico em dezembro continua constante para as 2 marcas.

Mas, se observarmos mais atentamente, alguns meses como abril de 2006 e março de 2005 houve buscas distorcidas entre as marcas. Tentei descobrir o que era, mas o Google não conseguiu me mostrar, alegando baixos dados disponíveis. Pode ter sido alguma mídia espontânea utilizada pela H. Stern… Mas infelizmente este caso ficará arquivado.

Ambas possuem maior demanda por alianças, porém o interesse regional pela Vivara é bem mais amplo do que pela H. Stern. Acredito que se deve ao fato da Vivara ter muito mais lojas espalhadas do que sua concorrente.

O Rio de Janeiro é a única cidade onde podemos ver um interesse mais disputado entre as 2 marcas.

Isso me faz entender um pouco a relação entre luxo e H. Stern. H. Stern não é tão pulverizada, dando a sensação de exclusividade e os preços também são mais elevados, comparados com a Vivara. Hoje eu posso encontrar uma loja da Vivara em um shopping C/D de São Paulo (exemplo shopping Interlagos), mas não posso encontrar uma H. Stern a mais de 20 metros do shopping Iguatemi.

Entendo que a Vivara trabalha com um produto alvo de desejo e quer proporcionar esse sonho a um grande número de pessoas.

E entendo que a H. Stern também trabalha com um produto alvo de desejo, mas aqui, esse sonho custa bem mais caro!

Entry filed under: Business, Comportamento, Varejo. Tags: , , , , .

Pac-Man do Google custou $120,483,800 em produtividade Etna vista pelo ângulo Y

7 Comentários Add your own

  • 1. Ricardo M.  |  junho 1, 2010 às 3:19 pm

    Ótima referencia

    Responder
  • 2. Carlos  |  junho 1, 2010 às 5:19 pm

    Parabéns pelo artigo! É muito legal saber que um buscador pode ser uma ferramenta extremamente útil para estratégias de marketing.

    Responder
  • 3. Carlos  |  junho 1, 2010 às 5:20 pm

    Ah se eu soubesse disso qdo fiz meu TCC

    Responder
  • 4. Fernanda  |  junho 1, 2010 às 5:59 pm

    Hoje ja podemos falar em uma maneira 2.0 de realizar pesquisas de mercado.

    Responder
  • 5. HENRI  |  junho 1, 2010 às 7:42 pm

    É verdade… o mundo escolar hj em dia é bem mais tranquilo

    Responder
  • 6. Joana  |  junho 1, 2010 às 7:54 pm

    Ah gente, olhando assim parece ser muito fácil e lógico de se fazer. Mas nao é tao simples linkar os dados com os acontecimentos e fatores mundiais….

    Parabens pelo artigo.

    Beijos

    Responder
  • 7. Fabio M.  |  junho 2, 2010 às 1:27 am

    essa ferramenta eh simplesmente demais.

    parabens

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Total de visitas desde 25/set/09

  • 139,219 hits

Receba por email aviso sobre novo post!

Compartilhe!

Add to FacebookAdd to DiggAdd to Del.icio.usAdd to StumbleuponAdd to RedditAdd to BlinklistAdd to TwitterAdd to TechnoratiAdd to Yahoo BuzzAdd to Newsvine

Parceiros

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui! LinkLog

%d blogueiros gostam disto: