O interesse por “faculdade” diminui ao passar dos anos

março 14, 2011 at 4:17 pm 6 comentários

Voltei!!! Espero conseguir manter a atualização desse blog.

Hoje vou falar sobre um assunto muito curioso: quais são os cursos mais procurados entre jovens brasileiros ?

Esse tema foi sugerido ha um tempo por email. (muito obrigada)!

Vamos aos fatos nada surpresos:

Primeiro lugar: Medicina

Segundo lugar: Direito

Terceiro lugar: Engenharia

Os cursos padrão desde sempre ocupam os 3 primeiros lugares dentre os cursos mais procurados, apesar de Medicina e Direito estarem caindo desde 2006.

As faculdades Anhanguera, Unip e Estácio de Sá são as 3 primeiras colocadas.

Aqui em SP, Unip passou USP nas pesquisas. USP foi caindo com o passar dos anos… enquanto a Unip foi subindo… (o mesmo aconteceu com a Puc).

Agora tenho um dado curioso…

O interesse por “faculdade” ao passar dos anos esta diminuindo:

Por que será?

Será que nossos jovens estão se inspirando nos bilionários como Mark Zuckerberg e estão pensando em ganhar dinheiro antes de adquirir conhecimento da maneira tradicional?

Com pico em 2005 a procura por aberturas de empresas se mantém mais ou menos estável… sem grandes aumentos nem grandes diminuições.

Assim, minha pergunta continua sem resposta…

Ao procurar por “cursinhos”, o interesse das pesquisas esta diminuindo também… Mas claramente porque as faculdades mais procuradas são mais fáceis de entrar.

Assim chego a minha primeira conclusão:

Aquela idéia de “só quero universidades públicas” não anda mais se sustentando.

Mas a pergunta principal do por que o interesse por faculdades esta diminuindo no google continua sem resposta…

Me veio então um estalo na mente chamado cursos técnicos:

Para comprovar o que Google me trouxe, pesquisei sobre o tema em jornais e revistas.

Há realmente um aumento significativo na procura de cursos técnicos, principalmente no exterior.

Os cursos técnicos mais procurados são: Enfermagem, Mecânica, Petróleo e Edificações

É bem verdade que a graduação tradicional pode render salários mais altos. Mas há sempre a possibilidade de cursá-la depois do técnico, já com emprego garantido e recursos para se manter.

Entry filed under: Comportamento, Educação. Tags: , , , .

Popularidade online dos candidatos a presidência do Brasil

6 Comentários Add your own

  • 1. Gui  |  março 17, 2011 às 1:51 am

    Bom post. Prefiro fazer cursos e fazer faculdade, importante é obter conhecimento.

    Twitter: @shittejapan
    http://shittejapan.wordpress.com/

    Responder
    • 2. camilasimielli  |  março 17, 2011 às 12:24 pm

      É isso aí… conhecimento nunca é demais

      Responder
  • 3. Leonardo Alves  |  março 17, 2011 às 11:25 am

    Realmente também já constei este fato, pois, afinal, a todos os níveis de ensino e não apenas no Brasil, o processo educativo e o quê se ensina está obsoleto, fora do prazo de validade! Digo isso com a convicção de um professor português, de nacionalidade brasileira, que já não utiliza papel (apenas o livro manual da disciplina de Ciências Naturais) em sala de aula, o tendo substituído pela utilização da internet e demais recursos de informação e comunicação, tais como telemóvel (celular). Trabalho com jovens adolescentes e o “feedback” desta mudança não poderia ser melhor.
    Enquanto os professores e as demais pessoas que se encontram em cargos de decisão ao nível da educação, a nível internacional, não mudarem as suas atitudes em relacão ao que se deve ensinar e como ensinar, “tudo continuará como dantes, como no quartel de Abrantes”, rumo ao buraco negro, sem fundo e sem esperança.
    PENSE DIFERENTE. MUDE!

    Responder
    • 4. camilasimielli  |  março 17, 2011 às 12:26 pm

      Acho que interagir o aluno utilizando varios meios de comunicação é importante. Não sei quanto ao ensino médio, mas nos EUA muitas universidades possuem aulas no youtube, por exemplo.
      Obvio que não tiramos a maturidade do aluno em querer corres atrás tb.
      Obrigada pelo post.

      Responder
  • 5. Milene do carmo oliveira  |  março 19, 2011 às 12:20 am

    penso que os jovens estão desenteresados pelos estudos,não acho que falte muita coisa pro ensino brasileiro melhorar,tudo bem que os estados unidos é bem mais rigido nesta questão,mais também é um pais rico e muito mais desenvolvido,então acho que não temos muito do que reclamar,com força de vontade não é preciso muita tecnologia para vencer na vida,oque falta mesmo é o interesse das pessoas,porque livros e informações é o que não faltam,também com o google quem presciza de mais alguma coisa?rsrs

    Responder
    • 6. camilasimielli  |  março 19, 2011 às 12:22 am

      Concordo. Mas como qualquer um coloca o que quer na internet, é necessário peneirar o certo do errado, né? Mas com certeza a vontade pessoal de cada um é determinante.

      Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Total de visitas desde 25/set/09

  • 139,219 hits

Receba por email aviso sobre novo post!

Compartilhe!

Add to FacebookAdd to DiggAdd to Del.icio.usAdd to StumbleuponAdd to RedditAdd to BlinklistAdd to TwitterAdd to TechnoratiAdd to Yahoo BuzzAdd to Newsvine

Parceiros

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui! LinkLog

%d blogueiros gostam disto: